Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
NOVA ESTAÇÃO Inverno começa segunda e será marcado por frio rigoroso; confira o prognóstico Temperaturas negativas estão previstas para julho; a partir de agosto, estiagem pre
19/06/2022 15:45 em Novidades

O inverno começa às 23h32 do dia 20 de junho em Mato Grosso do Sul e será marcado por uma longa e severa estiagem, e por passagens de frente fria rigorosas, com temperaturas negativas.

É o que aponta prognóstico divulgado pelo meteorologista Natálio Abrãao.

Conforme o prognóstico, o inverno, que compreende os meses de junho, julho, agosto e parte de setembro, terá temperaturas predominantemente amenas.

Durante o período, deve haver oscilação, com dias de calor e outros de frio.

São esperadas passagens de frente fria que devem derrubar as temperaturas, especialmente no mês de julho.

A entrada das massas de ar polares aumenta a ocorrência de episódios de nevoeiros e geadas no centro-sul do Estado.

A massa de ar polar mais intensa está prevista para os dias 11 a 13 de julho, quando são esperadas temperaturas abaixo de 0°C em algumas regiões.

A ocorrência de de frentes frias deve ocorrer durante os primeiros 30 dias de inverno.

A partir de agosto, o frio fica menos frequente e a probabilidade é de temperaturas acima do normal, até novembro.

Além disso,  o prognóstico aponta eventos severos de estiagem, com chuva abaixo da média, com períodos acima de 30 dias sem precipitações.

As chuvas que ocorrerem devem ser irregulares, mal distribuídas e reduzidas neste ano, ficando abaixo da média de 35 mm.

Até o fim do mês de junho, o predomínio será de sol, poucas nuvens e umidade relativa em declínio.

Em julho, além do frio intenso, já se inicia o período de estiagem, com tempo seco e pouca chuva.

Para agosto, a umidade relativa do ar deve bater recordes de nível crítico, abaixo de 151%, com estiagem e temperaturas muito elevados.

Em setembro, as primeiras chuvas devem ocorrer depois do dia 10, com fortes ventos.

 

Outras características

O primeiro dia do inverno é o mais curto do ano, com a noite mais longa, com duração de dez horas, enquanto a noite é mais longa, com duração de 14 horas.

Historicamente, o inverno é a estação com o menor volume de chuvas no ano, com pancadas irregulares e mal distribuídas.

Durante a estação, também estão previsas inversões térmicas, que irão causar nevoeiros e neblinas, com risco de fechamento de aeroportos  e estradas.

Este fenômeno deve ocorrer especialmente ao amanhecer, se dissipando durante a tarde.

A ar seco e o vento também favorecem a formação de bruma, que são substâncias sólidas suspensas na atmosfera, como poeira e fumaça, poluindo o ar.

Estas partículas favorecem ocorrência de queimadas e prejudicam a qualidade do ar, acarretando ou piorando problemas respiratórios.

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!